“Marina envergonha os cristãos”, diz Malafaia ao criticar proposta de plebiscito para aborto e maconha

0
29

A proposta de plebiscito para descriminalização do aborto e da maconha feita por Marina Silva (Rede) suscitou revolta no pastor Silas Malafaia, que produziu um vídeo apontando argumentos contra a bandeira levantada pelo movimento feminista e abraçada pela pré-candidata à presidência como tema a ser discutido em campanha.

Malafaia foi duro em suas palavras, pedindo aos cristãos brasileiros que não votem em Marina Silva, pois ela teria negado sua fé. “Você já viu um muçulmano negar suas crenças e valores? Não. Você já viu um marxista negar suas crenças e valores? Não. Agora vem Marina com essa falácia de plebiscito para o povo decidir sobre aborto e liberação das drogas. Pior do que um ímpio é um cristão dissimulado”, disparou Malafaia.

Dirigindo-se à ex-senadora e ex-ministra Marina Silva, questionou: “Qual é a sua posição? Me arrependo de já ter apoiado essa mulher. Qual a sua posição? Como é que um cristão nega fundamentos da sua fé? A vida é um dom de Deus”, afirmou.

“Deixa eu dizer uma coisa, Marina: que conversa fiada que a mulher decide sobre seu próprio corpo, como se o pequeno bebê fosse prolongamento do corpo da mulher? O agente ativo na gestação é o pequeno bebê. A mulher é o passivo. É ele que torna habitável o útero da mulher. Se ele não estivesse protegido por aquela ‘cápsula’ era expulso como corpo estranho”, acrescentou o pastor, rebatendo argumentos usados pelo movimento feminista.

Malafaia lembrou que do “óvulo fecundado de um casal negro implantado em uma mulher branca nasce um negro”, e do “óvulo de um casal branco implantado em uma mulher negra nasce um branco”, reiterando seu argumento.

“Que questão de saúde pública? Que falácia é essa? É provado, quer no aborto legal ou no aborto ilegal, gera-se problemas [à saúde física e psicológica da mulher]”, pontuou, abordando um ponto omitido do debate público. “Aborto é o assassinato, […] o massacre dos poderosos contra os indefesos, que estavam vivos esperando a hora certa de nascer”, acrescentou.

Sobre a proposta de plebiscito para liberação da maconha feita por Marina Silva, Malafaia disse que a pré-candidata “não sabe o que é ter um drogado na família” e os problemas decorrentes do vício. “Você não tem ideia do que é isso para falar essa asneira. Se o país gasta bilhões com as drogas que consideram legais, imagina essas drogas devastadoras”.

“Você envergonha os evangélicos e os cristãos, Marina”, finalizou Malafaia.

Assista:

Fonte – Gospel Mais

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS