Barroso vê ‘ataque criminoso’ contra Moro e Dallagnol

0
133

Magistrado não tem dúvidas de que as comunicações de Moro e Dallagnol foram alvos de ataque cibernético.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, disse, nesta sexta-feira (28), que “não tem nenhuma dúvida” de que houve um “ataque criminoso” às comunicações do ex-juiz da Lava Jato, Sérgio Moro, e ao coordenador da força-tarefa do Ministério Público Federal no Paraná, Deltan Dallagnol.

“Certamente ocorreu ataque criminoso. […] Não tem nenhuma dúvida”, afirmou Barroso, segundo o jornal Estadão.

Desde 9 de junho estão sendo divulgados pelo site Intercept diálogos atribuídos a Moro, a Deltan e seus colegas da força-tarefa da Operação Lava Jato.

As mensagens indicam suposto conluio entre magistrado e Procuradoria no âmbito da execução de fases da Lava Jato, principalmente no caso do triplex envolvendo o ex-presidente Lula da Silva (PT).

O teor das supostas conversas entre Moro e Deltan abriu caminho para a defesa do petista ir ao Supremo com pedido de suspeição do ex-juiz.

Nesta semana, a Corte, por 3 votos a 2, manteve Lula na prisão da Lava Jato, onde cumpre pena na ação do triplex do Guarujá desde abril de 2018.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS