Bolsonaro quer ‘punição severa’ para militar com 39 kg de cocaína

0
372

“Não toleraremos tamanho desrespeito ao nosso país!”, declarou o presidente Bolsonaro.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, utilizou as redes sociais para se pronunciar sobre o caso envolvendo o militar preso na Espanha sob acusação de transportar 39 kg de cocaína em avião da Força Aérea Brasileira (FAB).

Através da rede social Twitter, Bolsonaro disse que o “episódio de ontem” não teve nenhuma relação com a equipe da Presidência da República.

Segundo o chefe do Executivo, o “ocorrido na Espanha” merece uma “punição severa ao responsável”. “Não toleraremos tamanho desrespeito ao nosso país!”, acrescentou.

Na manhã desta terça-feira (25), o 2.º sargento da Aeronáutica, Manoel Silva Rodrigues, foi preso em Sevilha com uma quase quarenta quilos de entorpecentes, divididos em 37 pacotes em sua mala.

Silva Rodrigues era tripulante do voo que transportava a equipe avançada que dava apoio à comitiva do presidente Bolsonaro.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS