Cientistas eliminam completamente vírus HIV em ratos de laboratório

0
70

A descoberta é um marco importantíssimo na busca do tratamento da Aids, deixando claro qual caminho deve ser seguido por novos estudos.

Pela primeira vez encontrou-se claramente um método de não apenas suprimir como também eliminar completamente o vírus do HIV de um organismo.

O estudo foi desenvolvido por uma parceria entre pesquisadores da Escola de Medicina Lewis Katz e do Centro Médico Nebraska, ambos dos Estados Unidos.

A pesquisa envolve o uso em conjunto de técnicas de alteração genética e tratamento antirretroviral (TARV) para a criação de um tratamento que consegue eliminar totalmente o vírus HIV do corpo do hospedeiro.

Encabeçada pelo Dr. Kamel Khalili, professor titular da Universidade Temple e chefe do Departamento de Neurociência, Diretor do Centro de Neurologia e também Diretor do Centro de Estudos de NeuroAIDS da universidade, o estudo contou com a colaboração de diversos virologistas, imunologistas, biologistas moleculares, farmacologistas e farmacêuticos para que o tratamento fosse um sucesso.

Atualmente, os melhores tratamentos de AIDS existentes no mundo não são uma cura, eles apenas impedem que o vírus se reproduza e torne a pessoa cada vez mais doente, o que significa que qualquer um que contraia a doença precisa tomar esses remédios literalmente até o resto da vida.

Para o teste, os pesquisadores usaram ratos geneticamente modificados, informa o site Canal Tech.

Ao fim do período de tratamento, cerca de um terço dos ratos infectados haviam sido totalmente curados da doença, não apresentando nenhum indício da existência do vírus HIV em seus organismo

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS