‘Fora da democracia liberal, não há futuro’, diz Mourão

0
25

“Não há saída fora da democracia liberal como sugerem alguns que desejam soluções rápidas”, disse Hamilton Mourão.

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, afirmou que as “ameaças globais transnacionais” devem ser enfrentadas pela democracia liberal.

Entre as ameaças, o general citou o terrorismo, o crime organizado, as migrações, os conflitos armados, as doenças infecciosas, a espionagem, a possibilidade de um colapso do sistema financeiro e até a instabilidades de regimes.

Em discurso, nesta terça-feira (16), para uma plateia de 400 empresários em um hotel em São Paulo, Mourão declarou:

“Todos querem soluções rápidas. Senhoras e senhores, fora da democracia liberal não há futuro. Vamos lembrar que a democracia na Primeira Guerra Mundial venceu o imperialismo, venceu o nazi fascismo, e venceu o pior flagelo que enfrentamos no século passado: o comunismo internacional. Fé na democracia liberal. É por meio dela que vamos achar a solução que precisamos.”

Em sua fala, segundo o site UOL, o vice-presidente voltou a dizer que existem no planeta mudanças climáticas em andamento:

“O clima mudou. Não temos a mínima dúvida disso aí. Não sabemos se essa mudança é uma mudança que veio para ficar ou se pode ser algo transitório. Mas não podemos deixar de reconhecer que houve essa mudança do clima.”

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS