Paquistão: Cristão é torturado por muçulmanos por ser amigo de uma mulher

0
40

Um jovem de 21 anos, cristão, foi agredido e queimado com ferro em brasa pela família de uma mulher muçulmana por ter amizade com ela. A tortura aconteceu na província de Punjab, no Paquistão, de acordo com um relatórios da imprensa.

Ansar Masih estabeleceu contato com a mulher, que é muçulmana, há dois anos, a amizade entre eles cresceu com o tempo, informou Dawn News.

Eles muitas vezes se falavam por telefone, Masih também visitava o bairro de sua amiga para conhecê-la, de acordo com o First Information Report (FIR), assinado pela irmã de Masih em uma delegacia de Sheikhupura.

Quando a família da jovem soube da amizade, seu pai, Manzoor e seus irmãos chamaram o pai de Masih pedindo para dizer a seu filho, que ficasse longe da menina, alertando-os de terríveis consequências caso as instruções não foram seguidas.

No início deste mês, a mãe de Ansar Masih pediu que o filho fosse realizar uma tarefa no bairro de sua amiga, onde ele teria sido sequestrado pelo acusado e seus dois filhos, segundo o relatório.

Os três o torturaram, espancando-o e queimando-o com ferro em brasa.

Com informações de Jihad Wacth,

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO