O Coronel do Exército Brasileiro Carlos Alberto Brilhante Ustra

0
151

Este herói foi um bravo que lutou para evitar que o Brasil fosse comunizado e se transformasse numa imensa Cuba.

Nos EUA, um militar com esse histórico é condecorado e aplaudido nas ruas. No Brasil, senta na cadeira dos réus, graças a máquina difamatória da esquerda espalhada pela política, pela mídia e pelas escolas.

As mesmas pessoas que acusam Ustra de marginalzinho torturador, são as que idolatram terroristas como Marighella e Che Guevara; terroristas que estupravam, torturavam e assassinavam cristãos e todos que discordassem de suas ideologias.

Para essa gentalha, estuprar e matar em prol do comunismo, é heroísmo e “luta pela liberdade” e, quem combate essa gentalha, é “marginal torturador”, esquerdistas são hipócritas.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS