Polônia e Hungria fazem aliança política anti-globalista histórica

0
216
Warszawa, 18.04.2017. Przewodnicz¹cy Zgromadzenia Narodowego Wêgier Laszlo Kover (C), marsza³ek Sejmu Marek Kuchciñski (L) oraz marsza³ek Senatu Stanis³aw Karczewski (P) podpisali, 18 bm. podczas spotkania w Sejmie RP, porozumienie o partnerstwie strategicznym pomiêdzy Przewodnicz¹cym Zgromadzenia Narodowego Wêgier a marsza³kiem Sejmu RP i marsza³kiem Senatu RP. Przewodnicz¹cy Zgromadzenia Narodowego Wêgier Laszlo Kover przebywa z dwudniow¹ wizyt¹ w Polsce. (cat) PAP/Tomasz Gzell

Polônia e Hungria entraram em um acordo político bipartidário para assuntos externos. Desta forma os dois países podem tomar decisões conjuntas. A princípio essa medida é para evitar que a crise imigratória atinja os países.

A Hungria vem nas últimas semanas travando uma batalha contra George Soros, o parlamento húngaro propôs o corte de financiamento estrangeiro para a universidade de Soros.

Já a Polônia resiste firmemente a pressão da União Europeia para aceitar uma “cota” de imigrantes.

“Queremos trabalhar juntos para encontrar formas de sair da crise europeia”, disse Stanisław Karczewski, presidente do Senado polonês.

“Cooperação é uma forma da Polônia e a Hungria se fortalecerem, para que a região da Europa Central se fortaleça, para que a União Europeia se fortaleça, nós queremos que a UE seja reforçada por nações fortes e soberanas que demonstrem solidariedade”. Complementou o ministro.

Marek Kuchciński, presidente da Câmara dos Deputados da Polônia, concedeu a Kövér a medalha da Cruz de Comandante da Ordem do Mérito da República da Polônia, concedida a estrangeiros pelo presidente polaco, por uma contribuição distinta à cooperação internacional.

Com informações de Radio Poland

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO