Após novo teste de míssel, ditador norte-coreano diz que “o mundo inteiro parece tão bonito”

0
37

A agência estatal de notícias KCNA disse nesta segunda-feira que Jong-un expressou uma “grande satisfação” pelo teste de domingo

 Neste fim de semana, a Coreia do Norte realizou mais um lançamento de míssil e, desta vez, o país disse ter acoplado uma câmera para registrar imagens durante o teste. As fotos mostram a Terra de longe e gerou uma declaração no mínimo curiosa do líder Kim Jong-un.

A agência estatal de notícias KCNA disse nesta segunda-feira (22) que Jong-un expressou uma “grande satisfação” pelo teste de domingo e sugeriu que as armas deveriam ser “rapidamente produzidas em série para armar” as forças do país.

A agência de notícias Yonhap da Coréia do Sul informou que Rodong Sinmun, do governo norte-americano, publicou 58 imagens que foram supostamente tiradas por uma câmera a bordo do míssil, descrevendo-as como “uma aparente tentativa de mostrar sua tecnologia de reentrada atmosférica de mísseis”.

A KCNA acrescentou: “vendo as imagens da Terra sendo enviadas em tempo real da câmera montada no míssil balístico, o líder supremo Kim Jong-un disse que se sente grande ao olhar para a Terra a partir do foguete que lançamos e o mundo inteiro parece tão bonito”.

Este foi o segundo teste similar realizado em menos de uma semana. No último dia 15, Pyongyang lançou o Hwasong 12, um novo míssil de médio alcance que foi avaliado como um avanço importante na corrida armamentista do regime norte-coreano.

O líder norte-coreano afirmou que os cientistas e especialistas militares do país “continuarão produzindo mais e melhores armas” para “reforçar as capacidades de ataque nuclear” do país.

Fonte – InfoMoney / KCNA

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO