Na praça da Liberdade, manifestantes pedem Jair Messias Bolsonaro presidente

0
38

Para um grupo de manifestantes que se reuniu na praça da Liberdade, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, na noite desta quinta-feira (18), só há uma solução para o fim da corrupção na política brasileira: Jair Bolsonaro eleito presidente em 2018.

O ato, batizado de “Chega de Impunidade”, reuniu dezenas de pessoas na praça, por volta de 19h, em um protesto contra o presidente da República, Michel Temer (PMDB), o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG), e os petistas Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma Rousseff e Fernando Pimentel.

Os manifestantes levaram faixas com os dizeres “Chega de corrupção, Bolsonaro é a solução!” e “Cadeia neles? Buzine”, além de bandeiras do grupo “Direita Minas”, que reúne no Facebook mais de 78 mil integrantes.

Na praça da Estação, também na região Centro-Sul da capital mineira, outro grupo também pediu o fim da corrupção diante do escândalo recente envolvendo Michel Temer. Esse movimento, no entanto, contou com apoiadores de políticos petistas e integrantes do partido. Estiveram na manifestação a senadora Gleisi Hoffman (PT-PR), investigada no âmbito da Operação Lava Jato, e o vereador Arnaldo Godoy.

Fonte – O Tempo

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO