Porte de armas para legítima defesa do cidadão de bem

0
143

Enquanto no Brasil o cidadão não tem direito a portar uma arma para legítima defesa e, se fala até em desarmar a polícia, lá na Flórida a Comissão de Justiça do Senado Estadual aprovou, no mesmo dia, 3 leis que ampliarão ainda mais a capacidade de defesa de seus cidadãos.

São elas:

SB-344 – Burden of Proof: esta lei tira completamente o ônus da prova dos ombros do cidadão que precisou fazer uso da legítima defesa, colocando-o sobre o Estado. Na comparação com o Brasil, experimente matar o bandido que invadiu sua casa e tentou te atacar. É certeza de ser julgado por homicídio, com grandes chances de parar na cadeia.

SB-300 – Open Carry: na Flórida o porte oculto de armas curtas é permitido por lei, mas diversos cidadãos que andam legalmente armados acabaram julgados criminalmente por suas armas terem aparecido sem querer (por exemplo, porque a pessoa ergueu o braço, sua camiseta se levantou um pouco e expôs involuntariamente a arma de sua cintura). Esta lei permite o porte aberto, acabando com essa incoerência.

SB-68 – Campus Carry by CW License Holders: esta lei estabelece que qualquer cidadão que possua a licença para porte oculto de armas possa fazer uso da mesma dentro de faculdades e universidades. Esta lei certamente evitará que os estudantes da Flórida sejam alvos fáceis de maníacos como o do Oregon, que atacam somente áreas onde não se é permitido portar armas.

Isto se chama respeito pelo cidadão.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO