Homem vive realidades extraordinárias no estado de quase-morte

0
102

Uma foto demonstrando uma ressuscitação. (Jean-Pierre Clatot/AFP/Getty Images)

Quando tinha 19 anos, Jeffrey C. tentou suicídio depois de descobrir que sua namorada o estava traindo com seu melhor amigo. Depois de engolir muitas pílulas, sua mãe percebeu o que aconteceu e chamou uma ambulância.

No site da Near-Death Experience Foundation, Jeffrey relembrou sua experiência onde descreve que após ter visto um médico sobre si, ele pareceu deixar o seu corpo e entrar no do médico: “Entrei nele e vi imagens de sua esposa e filhos e de seu carro. Senti o pânico nele.”

Seu espírito pareceu deixar seu corpo e entrar no corpo do médico, permitindo-lhe ler a mente do médico

Então, um espírito pegou sua mão e puxou-o para longe. Ele podia ver seu próprio corpo, enquanto um médico e um enfermeiro trabalhavam para revivê-lo. O ser o levou a uma “coluna de luz”. Em um primeiro instante, ele pensou estar num lugar que imaginou ser o paraíso, onde as paredes pareciam nuvens. Ele viu sua avó lá.

Mas, de repente, ele estava em um ambiente malcheiroso, com pessoas que tinham caras de chacal. Uma criatura demoníaca agarrou-o e levou-o para um lugar onde havia um monte de cubos empilhados.

Uma criatura demoníaca disse a ele que cada pessoa recebe um inferno feito sob medida

“Ele me disse que isso era um inferno, e em cada cubo havia um inferno feito sob medida para cada alma. Ele explicou que as pessoas se adaptam a todo tipo de inferno, e algumas pessoas são mais tolerantes a algumas coisas do que outras, então o inferno está sempre mudando. Ele sentia grande alegria de ver as pessoas sofrerem”.

Jeffrey foi sugado para um dos cubos, onde as pessoas o alimentavam com comidas fétidas e ficavam rindo. Então, a criatura demoníaca lhe mostrou flashes de todas as coisas ruins que ele já havia feito.

“Eu estava sendo colocado no lugar de outras pessoas enquanto eu estava fazendo coisas ruins para elas”

“Eu podia ver o quão insensível eu era em relação às pessoas e nem sabia disso. Era excruciante e esmagador reviver coisas que eu tinha esquecido, ou simplesmente não me importava. Me fizeram sentir do jeito como eu fiz com os outros”, disse ele.

Então ele estava ajoelhado em uma caverna, com outras pessoas ao seu redor também ajoelhadas.

“Eu vi uma garota ajoelhada, com os pulsos cortados, um homem com uma corda em volta do pescoço e outro com a parte de trás de sua cabeça explodida. Eu podia ouvir gritos da caverna à frente, e eu estava tentando fazer uma dessas pessoas falar comigo e me dizer onde eu estava. Um deles me disse para ficar calado ou eu seria o próximo. Então, um enorme e feio demônio saiu da caverna, agarrou-os e arrastou-os para dentro da caverna.

Quando fechou os olhos, ele, de repente, ficou novamente esmagado pelas visões das coisas ruins que ele havia feito. Ele percebeu que era por isso que todos tinham olhos arregalados, porque eles também experimentariam essas visões se fechassem os olhos.

“Você não pode fechar os olhos. Você não pode falar com os outros. Você não pode se levantar. Você não pode sentar-se. Você pode apenas ajoelhar-se, apoiando-se nas pontas dos dedos dos pés e sobre os joelhos. Tudo o que você podia fazer era olhar o buraco do fogo, ouvir os gritos e esperar que você não fosse o próximo”, disse Jeffrey.

Mas ainda havia esperança

“Depois de um longo tempo, meus olhos começaram a queimar tanto, que eu finalmente decidi que valia a pena aguentar os maus flashes se eu pudesse fechar meus olhos por um tempo. Comecei a soluçar calmamente, enquanto as visões dos meus maus caminhos se apresentavam, e ouvi uma voz. Ela disse: “Se você pedir a ele, talvez ele o salve”.

Jeffrey suplicou várias vezes pela salvação.

Então, ele foi levado ante um ser espiritual, que perguntou o que o trouxe ali. Jeffrey respondeu que o mundo não é justo e que não queria mais ser parte dele nunca mais.

Ele percebeu que sua vida tinha sentido

O ser explicou que Jeffrey havia implorado para nascer no mundo material. Ele mesmo escolhera quando e para quem ele nasceria.

Ele explicou também que Jeffrey tinha sido salvo quando suplicou, porque ele ainda tinha uma centelha de fé.

“Minha fé significa muito mais do que eu jamais havia imaginado. Ele viu algo em mim que nem mesmo eu vi. Comecei a chorar tanto, que eu estava congelando naquele chão, com a minha cabeça nas mãos e chorando incontrolavelmente”, disse Jeffrey.

Então, lhe foram mostrados eventos futuros, incluindo como ele iria fraturar suas costas e como isso iria impactá-lo. Essas coisas aconteceram posteriormente.

Foi-lhe dito que ele escolheu essas coisas antes de nascer por uma razão – e ele estava ciente das consequências –, sendo assim, ele deveria retornar para terminá-las. Ele não queria voltar, mas, ao retornar ao seu corpo, sentiu conforto e a paz de Deus.

Uma enfermeira disse que ele havia morrido e foi ressuscitado

Ele permaneceu em coma por três dias, embora sua mente estivesse ciente. Ele pensou em todos os detalhes de sua experiência enquanto esteve no leito, incapaz de se mover. Quando ele saiu do coma, uma enfermeira disse que ele havia morrido e foi ressuscitado.

“Eu era um traficante de drogas etílicas, que se tornara um bandido”, disse ele. Mas ele mudou sua vida. Ele já não teme a morte, mesmo depois de sua experiência infernal, por causa de sua conexão ampla e pacífica com o divino.

Os acontecimentos futuros que ele viu durante sua experiência de quase-morte se tornaram realidade, como peças de quebra-cabeças se encaixando

“Eu sabia que era real, porque era mais vívido do que qualquer sonho”, disse ele. “Nenhum sonho ou ilusão poderia ter me dado um quebra-cabeças que se completa a cada ano que passa e, além disso, forma uma imagem tão perfeita”, disse ele, referindo-se às cenas futuras que lhe foram mostradas.

“Você percebe que a imagem teve que ser formada antes que o quebra-cabeças fosse cortado em pedaços. Cada peça foi projetada para ser encontrada e colocada corretamente, quando era necessário e relevante. Isso é importante.”

Ele compartilhou o que ele aprendeu sobre os desafios da vida: “[Eles] são o que nos dão experiência e, às vezes, as coisas são colocadas em nosso caminho para mudar o momento dos eventos. Um pneu furado na rodovia pode parecer um problema, mas pode ter ajudado você a evitar um acidente na estrada”.

Outros experienciadores de quase-morte relataram ter visto cenas similares

Muitos aspectos da experiência de quase-morte (NDE – Near-Death Experience) de Jeffrey são comuns entre as pessoas que passam pelas experiências de quase-morte. Em uma palestra que deu para apresentar seu livro, “The Handbook of Near-Death Experiences”, o pesquisador de NDE, Dr. Jan Holden, contou a história de outro homem que tentou suicídio.

O homem disse que se percebeu livre – caindo pelo espaço e pousando em uma superfície semelhante a uma argila. Quando ele pousou, ele se dividiu em várias versões de si mesmo.

Este outro experimentador de quase-morte também se enfrentou com todas as coisas ruins que ele havia feito aos outros

Uma de suas versões estava em perigo, chorando. Duas outras estavam encontrando pessoas de seu passado, revisando suas vidas. Como Jeffrey, eles estavam recebendo o resultado de suas ações. E não era necessariamente sobre as pessoas importantes em suas vidas também. Uma dessas pessoas era um estranho ao qual ele havia sido desagradável uma vez em uma mercearia.

Outras de suas versões estavam experimentando o futuro próximo, como ver sua mãe gritando em desespero pelo seu suicídio. Ele também viu o futuro distante: sua filha era uma criança no momento dessa tentativa de suicídio. Ele a viu chorando no dia da formatura porque o pai não estava lá.

Uma outra versão dele estava clamando pela salvação. Uma mão puxou essa versão, e todas as outras versões subiram junto. Um ser espiritual disse que ele tinha que voltar, ele ainda tinha coisas para fazer. Agora ele é o CEO de uma instituição sem fins lucrativos para evitar o suicídio.

Fonte – Epoch Times

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO