Cristãos criam estratégia para evangelizar na Copa do Mundo e usam até “flash mob”

0
40

Um grupo de cristãos, integrantes da União Steiger, uma organização missionária que busca difundir o evangelho de Cristo ao redor do mundo, elaborou uma série de estratégias para conseguir evangelizar nas ruas de Moscou, na Rússia, durante a Copa do Mundo de Futebol.

Em uma entrevista para o diretório Evangélico Digital, Angela Tkachenko, uma das integrantes do grupo missionário, falou sobre a motivação da equipe, os desafios e como elaboraram estratégias para conseguir alcançar os turistas em um país onde a prática do evangelismo possui inúmeras restrições.

“É um evento histórico em que pessoas de muitas nações se reúnem para assistir aos jogos. A igreja Palavra da Vida abriu suas instalações como uma zona para os fãs e nós, como Mission Steiger, e estamos animados com a oportunidade de compartilhar o Evangelho nas ruas de Moscou com pessoas de outras igrejas e países”, disse ela.

Com o grande número de turistas e a dificuldade das barreiras culturais, incluindo o idioma, os missionários tiveram que criar meios alternativos para chamar atenção do público e conseguirem se comunicar. Tkachenko explicou algumas:

“Temos vários métodos criativos, como ‘O barco da fortuna’ (um barco cheio de passagens da Bíblia), ‘A cadeira de saúde’, ‘Deixar e levar’ (oferecemos às pessoas para deixarem suas tristezas, ofensas e más pensamentos em troca de pequenos papéis com versos da Bíblia), e também fazemos flash mob”.

Tkachenko explicou que apesar da multidão, algumas pessoas se sentem solitárias, tristes e angustiadas, precisando de acolhimento espiritual. Muitas aceitam receber oração ainda na rua e fazer discipulado em restaurantes, cafés e igrejas parceiras dos missionários.

“É por isso que temos visto muitas vidas mudadas em meio a grandes festivais e eventos”, explica ela, destacando que apesar dos riscos, devido às leis russas que proíbem o evangelismo em ruas públicas, eles confiam na proteção de Deus e por isso continuam fazendo o trabalho missionário:

“Oramos a Deus e confiamos em sua proteção. Nossos missionários ucranianos da Steiger na Ucrânia estavam pregando Jesus abertamente nas ruas de Moscou um dia antes das eleições, e o Senhor os protegeu”, disse ela, ressaltando que a maior preocupação do grupo é cumprir a Grande Comissão:

“Então, nós também confiamos em Deus para esta ocasião. Mas nosso desejo prioritário é cumprir a Bíblia e pregar o evangelho onde for necessário”, conclui.

Fonte – Gospel Mais

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO