Criminoso Lula acompanhou apuração com carcereiro e aceitou derrota

0
59

Preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, o ex-presidente Lula acompanhou a apuração de votos da disputa presidencial no domingo (28) ao lado de um carcereiro. As informações são da colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo.

Segundo fontes da jornalista, o ex-presidente teria dito para uma pessoa no local que “perder faz parte” após a vitória de Jair Bolsonaro (PSL) sobre Fernando Haddad (PT) por 55% a 45%.

Lula está preso na Superintendência da Polícia Federal desde abril, condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele foi presidente do Brasil de 2003 a 2011 e concorria ao terceiro mandato antes de ser condenado e ter a candidatura barrada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Fonte – ISTOÉ / Folha de São Paulo

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO