Polícia Federal investiga 3 pessoas por ameaças à ministra Rosa Weber

0
36

Os casos não têm relação entre si; um dos investigados já foi identificado e ouvido pela Polícia Federal. Se constatada a ameaça, eles poderão responder criminalmente.

A Polícia Federal investiga três pessoas por mensagens com conteúdo de ameaças direcionadas à presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber. Os três investigados podem responder criminalmente pelo teor das mensagens.

As investigações estão sendo conduzidas pela Diretoria de Inteligência da Polícia Federal. Até o momento, um dos investigados, que não teve o nome revelado, já foi identificado e ouvido pela PF. Outros detalhes da investigação estão sob sigilo.

TV Globo apurou que tratam-se de casos independentes, sem relação entre as três pessoas, e que uma delas está fora do país.

Fonte – Renova Mídia / G1

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO