Bolsonaro divulga dados sobre o extremista de esquerda Adélio Bispo

0
1468

Bolsonaro utilizou suas redes sociais para divulgar um compilado com informações sobre Adélio Bispo, ex-membro do PSOL que tentou matá-lo com uma facada.

No dia 6 de setembro de 2018, o extremista de esquerda Adélio Bispo enfiou uma faca na barriga do então candidato Jair Bolsonaro durante um comício na cidade de Juiz de Fora, interior de Minas Gerais.

Na manhã desta sexta-feira (25), o agora presidente da República utilizou as redes sociais para revelar uma lista de fatos sobre o atentado que quase lhe tirou a vida.

Bolsonaro fez questão de deixar claro as conexões entre Adélio e o Partido Socialismo e Liberdade (PSOL). O esfaqueador foi filiado à legenda até o ano de 2014.

O chefe de Estado também destacou que, em 6 de agosto de 2013, quando ainda tinha vínculos com o PSOL, o extremista Adélio esteve no anexo 4 da Câmara dos Deputados. Até agora não foi possível identificar se Adélio visitou o gabinete de algum parlamentar.

Confira a lista de informações sobre o caso divulgadas por Bolsonaro logo abaixo:

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS