Olavo de Carvalho ficou decepcionado com Felipe Moura Brasil

0
1096

O imbróglio que terminou com a exoneração do primeiro ministro do governo Bolsonaro também abriu feridas entre nomes fortes da direita brasileira.

Felipe Moura Brasil é o organizador do livro “O Mínimo que Você Precisa Saber para não Ser um Idiota “, que reúne textos do filósofo Olavo de Carvalho e se tornou um bestseller.

Apesar de ser considerado por muitos como um dos alunos mais brilhantes de Olavo, o jornalista não foi poupado pelo professor por causa da sua acalorada defesa do ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno.

Em mensagem publicada no Facebook nesta quarta-feira (20), Olavo de Carvalho afirmou:

“Se o Augusto e o Felipe, a quem quero muito bem, me houvessem perguntado, eu teria lhes aconselhado: — Não se metam com o Bebê Ânus.”

Nesta terça-feira (19), durante transmissão do programa Pingo nos Is, na rádio Jovem Pan, o renomado jornalista Augusto Nunes assumiu a responsabilidade por vazar os áudios enviados pelo presidente Jair Bolsonaro para Bebianno através do aplicativo de mensagens WhatsApp.

A justificativa de Nunes para o vazamento é de que o ex-ministro Bebianno é um amigo que precisava mostrar para o Brasil que não era um mentiroso.

Augusto Nunes, assume a responsabilidade pela divulgação e confirma, que os áudios “privados” do Presidente da República, foram passados por Bebianno. pic.twitter.com/zBnnl7URAI— Pathy 

2° perfil (@pathy_ngy) February 20, 2019

Um pouco antes de mencionar diretamente os jornalistas da Jovem Pan, Olavo já havia escrito que até os jornalistas “mais honrados” acabam cedendo à “pressão dos pares”:

“O poder da classe jornalística sobre os seus membros supera o do Papa sobre os fiéis católicos e o do Grão-Mestre sobre os maçons. Mesmo os mais honrados acabam cedendo mais cedo ou mais tarde à pressão dos pares.”

Ainda em outra mensagem publicada na madrugada desta quarta, Olavo acrescentou:

“Raríssimos direitistas resistem à tentação de, mais cedo ou mais tarde, tentar mostrar à esquerda que não são tão direitistas.”

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS