Major da PM afirma que estudante atacou policiais com um cone e foi detido no local.

Antes da reunião entre os reitores das universidades federais e o ministro da Educação, Abraham Weintraub, na sede da pasta, houve confusão, na tarde desta terça-feira (16), entre universitários que protestavam no local e policiais militares.

Durante a manifestação, um estudante foi preso pela Polícia Militar e levado para a 5ª Delegacia de Polícia. Segundo o major Cláudio Peres, o manifestante teria tentado atacar os policiais com um cone.

Os estudantes foram ao Ministério da Educação (MEC) para entregar uma carta aos reitores com as reivindicações do grupo em defesa de melhores condições nos campi federais.

Segundo os organizadores do protesto, após tentarem entregar o documento aos líderes das universidades, eles teriam sofrido repressão da polícia, com gás de pimenta e cassetetes, informa o site Metrópoles.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK