Ataque hacker também afetou ministros do STF

0
42

Hackers teriam obtido acesso a dados de SMS e do aplicativo Telegram de integrantes do STF. Nomes dos afetados não foram divulgados.

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, foi comunicado por telefone, nesta quinta-feira (25), pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, que celulares de ministros da Corte foram alvo de ataque hacker.

Moro ligou pessoalmente para os ministros atacados e afirmou que houve acesso a dados de SMS e do aplicativo Telegram desses magistrados.

Por meio da assessoria, o Supremo informou que não comentará o episódio.

Investigadores da Polícia Federal (PF) informaram, na última quarta-feira (24), que têm condições de afirmar, com base na apuração prévia, que aproximadamente mil diferentes números telefônicos foram alvos do mesmo método utilizado para invadir o celular do ministro Moro.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO