Bolsonaro quer ajuda de Putin para resolver crise na Venezuela

0
80

“Tenho um profundo respeito por Putin. Tive agora um rápido encontro com ele em Osaka e me deixou muito boa impressão”, afirmou Bolsonaro.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, espera que seu homólogo da Rússia, Vladimir Putin, ajude a “resolver a questão da Venezuela” e reconheceu seu “profundo respeito” ao mandatário russo.

Em um encontro com correspondentes estrangeiros realizado no Palácio do Planalto, em Brasília, Bolsonaro declarou:

“Tenho um profundo respeito por Putin. Tive agora um rápido encontro com ele em Osaka e me deixou muito boa impressão. Acredito que foi recíproco. O Brasil está de braços abertos para acordos econômicos. Não nos guiamos pela ideologia, como no passado.”

E, segundo a agência EFE, acrescentou:

“Espero, além disso, que a Rússia nos ajude a resolver a questão da Venezuela.”

A Venezuela atravessa uma grave colapso econômico, social e institucional com a disputa de poder entre os partidários do ditador Nicolás Maduro, apoiado pela Rússia China, e os defensores do presidente interino Juan Guaidó, respaldado por Estados UnidosBrasil e outros 50 países ocidentais.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO