Damares Alves pede união na luta contra doenças raras no Brasil

0
28

Damares Alves afirmou que divergências ideológicas não podem afetar o trabalho sobre as doenças raras.

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, participou, nesta terça-feira (30), do Fórum de Políticas Públicas para Pessoas com Doenças Raras, realizado em Brasília.

A finalidade do evento é o mapeamento dos maiores desafios enfrentados pelos pacientes diagnosticados com doenças raras.

Durante o discurso, segundo o site Metrópoles, a ministra pediu união em torno do tema:

“O que interessa é que a gente está motivado a fazer alguma coisa. Não gosta de mim, mas no tema raros vamos nos unir. Ah, mas esse não é o governo que eu queria. E daí? É o governo que abriu a porta pra nós. É o governo que está sensível ao tema. Então, nesse quesito, dos raros, meu convite é: vamos estar juntos.”

A ministra destacou também que divergências ideológicas não podem afetar a condução do trabalho:

“Nós vamos acertar o tempo todo? Acredito que não. Mas não vamos errar nessa coordenação, nessa secretaria, nesse ministério, por omissão, acreditem. Também não vamos errar com relação ao tema dos raros, motivados por ideologias ou por interesses próprios. Nós podemos errar apenas por limitação. Limitação da equipe, limitação de falta de conhecimento da gente. E, quando errarmos, queremos ter as orelhas puxadas, que vocês venham nos ajudar, que nos chamem a atenção. Vamos querer acertar sempre.”

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS