Erdogan quer segregação de gênero em universidades da Turquia

0
44

Declaração foi feita por Erdogan em viagem ao Japão. País asiático adota sistema em universidades.

O líder do regime islâmico da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, fez um comentário controverso em um discurso na cúpula do G-20 em Osaka, no Japão.

O discurso continha uma passagem com elogios ao sistema de ensino japonês por causa da sua política de segregação de gênero em certas universidades, informa o site Poder360.

Erdogan disse que as 80 universidades exclusivamente para mulheres no Japão são “uma coisa muito importante” e que ele poderia imaginar a introdução de algo similar na Turquia.

Em Ancara, capital da Turquia, depois de voltar da viagem, Erdogan novamente enfatizou as supostas vantagens de um sistema educacional com segregação de gênero seguindo o modelo japonês.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO