EUA denunciam chantagem do Irã com enriquecimento de urânio

    0
    121

    “O Irã não tem uma razão crível para ampliar seu programa nuclear”, afirmou o governo Donald Trump.

    O governo dos Estados Unidos acusou, nesta quarta-feira (10), o Irã de “chantagear” a comunidade internacional ao ameaçar continuar aumentando o enriquecimento de urânio.

    O regime islâmico avisou que elevou a pureza de seu urânio para acima do permitido no acordo nuclear de 2015, e prometeu seguir adiante se não for compensado pelas sanções impostas pelo governo Donald Trump.

    Segundo a agência EFEJackie Wolcott, embaixadora americana na Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), declarou:

    “O Irã não tem uma razão crível para ampliar seu programa nuclear e não há outra forma de interpretar isto além de que como uma crua e transparente tentativa de chantagear a comunidade internacional.”

    A AIEA confirmou que o Irã ultrapassou tanto a quantidade (300 quilos) como a pureza (3,67%) do urânio enriquecido que o acordo permite.

    Após essa confirmação, fontes diplomáticas informaram hoje que a última análise indica que a pureza do urânio já teria chegado a 4,5%, um dado que ainda não foi verificado pela AIEA.

    Durante seu discurso hoje na Junta de Governadores, Wolcott denunciou que a atitude iraniana é uma ameaça para a paz mundial e pediu ao país que abandone essa estratégia.

    CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

    COMENTÁRIOS