Foro de São Paulo pode ser alvo de CPI na Câmara dos Deputados

0
52

Foro de São Paulo é uma vasta organização política que pretende transformar a América Latina em um continente dominado pela agenda esquerdista.

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) assinou requerimento para a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a atuação do Foro de São Paulo.

Em publicação na rede social Twitter, na última quinta-feira (11), Eduardo aparece ao lado de Maciel Joaquin, Presidente Civil da Frente Cidadã, colocando seu nome no documento para formulação da CPI.

O filho do presidente da República, Jair Bolsonaro, lembrou que o Partido dos Trabalhadores (PT), o ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, e a guerrilha marxista Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), fazem parte do Foro de São Paulo.

Já na manhã desta sexta-feira (12), Eduardo e Maciel participaram de uma reunião com o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, no Itamaraty. Em pauta, segundo o parlamentar, também estava o Foro de SP.

A edição deste ano do Foro de São Paulo acontecerá entre os dias 24 e 28 de julho, na Venezuela. A capital Caracas receberá 124 partidos e movimentos de esquerda, de 25 países, para o evento.

De acordo com o cronograma do Foro, entre outros assuntos, serão debatidos “a luta do povo venezuelano” e o “pensamento anti-imperialista de Simón Bolívar versus a Doutrina Monroe”.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO