Glenn Greenwald está com medo da Polícia Federal

0
469

“Nenhuma pessoa minimamente racional pode continuar a ver a tática cínica de Moro e Deltan com qualquer credibilidade”, disse Greenwald.

O editor e cofundador do InterceptGlenn Greenwald, criticou o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e integrantes da Operação Lava Jato por classificar as mensagens divulgadas pelo site panfletário como manipuladas.

Em matéria publicada nesta segunda-feira (15), o Intercept alega ter ouvido de fontes que a Polícia Federal (PF), durante o afastamento de Moro, “está considerando realizar uma operação que teria como alvo um suposto hacker, que supostamente seria a fonte do arquivo”.

“Esse suposto hacker seria estimulado a confessar ter enviado o material ao Intercept e que esse material teria sido adulterado”, acrescentou o texto.

Na rede social Twitter, Greenwald compartilhou a matéria e disse que esta estratégia estava “equivocada”.

“Nenhuma pessoa minimamente racional pode continuar a ver a tática cínica de Moro e Deltan com qualquer credibilidade”, completou o norte-americano.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS