Google confirma fim do projeto que facilitaria vigilância na China

0
62

A participação do Google no desenvolvimento desse projeto foi duramente criticada nos EUA, já que a ideia era facilitar a vigilância do regime comunista chinês contra seus cidadãos.

O projeto do Google para construir um mecanismo de busca censurado para o mercado da China foi cancelado oficialmente.

Em audiência perante o Comitê Judiciário do Senado nesta semana, o executivo da empresa, Karan Bhatia, declarou que o apelidado “Projeto Libélula” havia efetivamente terminado, informa o site Olhar Digital.

Em teoria, o projeto desenvolvido pelo Google, em parceria com uma empresa chinesa não identificada, vincularia números pessoais de telefone com o histórico de busca dos usuários.

O Google lançou um mecanismo de busca na China uma vez antes, em 2006, mas saiu do mercado chinês em 2010 depois de ser hackeado.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO