Governo inicia estudos para baratear viagem a Fernando de Noronha

0
45

Ministro anuncia visita dias após o presidente Jair Bolsonaro criticar taxa cobrada para acessar praias de Fernando de Noronha.

O Ministério do Meio Ambiente, em parceria com a Embratur, prometem analisar a gestão de concessões em Fernando de Noronha, a fim de baratear os custos do turismo e atrair mais visitantes à região do Estado de Pernambuco.

Em pronunciamento nesta terça-feira (16), segundo o site Metrópoles, o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, declarou:

“O Ministério do Meio Ambiente tem a responsabilidade de avaliar instrumentos de gestão de concessões para analisar se estão sendo direcionados adequadamente. O presidente Jair Bolsonaro entende que é necessário analisar os custos que compõem os valores dos contratos a fim de que as concessões possam encontrar pontos para redução de valores.”

Ainda nesta terça, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, informou que vai a Noronha na quinta-feira (18) vistoriar os serviços prestados pela concessionária EcoNoronha, que administra as visitas no parque marinho da ilha.

“A cobrança não é feita pelo governo federal. A cobrança é feita pela concessionária em razão de estabelecimento de parâmetros desde a época da concessão. É isso que nós vamos verificar lá”, afirmou Salles, segundo o site G1.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO