Jair Bolsonaro se solidariza com família de João Gilberto

0
43

O músico que criou a bossa nova tinha 88 anos e faleceu de “causas naturais”. Ele foi enterrado na tarde desta segunda-feira (8) em um cemitério de Niterói, no Rio de Janeiro.

O porta-voz do Palácio do Planalto, Otávio Rêgo Barros, afirmou que o presidente da República, Jair Bolsonaro, reconhece a importância de João Gilberto para a música brasileira.

Em coletiva de imprensa, nesta segunda-feira (8), segundo o site UOL, Rêgo Barros declarou:

“O presidente reconhece a importância do artista João Gilberto para a música brasileira, como todos nós. Ele tornou a bossa nova um estilo de música conhecido internacionalmente. O presidente se solidariza com a família e os amigos nesse momento de dor.”

Rêgo Barros acrescentou que o presidente decidiu não decretar luto oficial no país pela morte do músico.

O próprio presidente havia feito um breve comentário a repórteres, no dia da morte de João Gilberto: “Uma pessoa conhecida. Nossos sentimentos à família”, disse.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO