Maduro é acusado de usar bitcoins para burlar embargo dos EUA

0
23

O esquema foi revelado pelo canal espanhol ABC e envolveria o uso de um aplicativo chamado Jetman Pay.

A ditadura da Venezuela estaria utilizando criptomoedas para burlar o embargo imposto pelo governo dos Estados Unidos e inserir dólares na economia.

Impostos de reabastecimento de aeronaves no Aeroporto Internacional de Maiquetia, um dos principais do país, estariam sendo convertidos em bitcoin e enviados para fora do país, de onde retornam em forma de dividendos, informa o site CanalTech.

A ideia oficial do regime de Nicolás Maduro com o uso da solução é garantir uma disponibilização imediata dos valores. A única diferença é que as tarifas estão sendo convertidas em bitcoins.

De acordo com documentos obtidos pela imprensa espanhola, o sistema seria simples e direto.

Empresas aéreas que têm Maiquetia como ponto de parada usariam o Jetman Pay para pagamento dos tributos e reabastecimento das aeronaves.

Esse serviço seria feito pela PDVSA (Petróleos de Venezuela), a estatal petrolífera do país, que, na sequência, usaria o dinheiro para a aquisição de bitcoins por meio da BCDA Aeronautical Solutions, responsável pelo aplicativo, registra o site Yahoo!

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS