Palocci diz que Lula recebeu R$ 300 milhões da Odebrecht

0
162
DISTRITO FEDERAL - LULA/IPI - POLÕTICA - (E/D): O presidente Luiz In·cio Lula da Silva e o ministro da Fazenda, Antonio Palocci e o ministro do Desenvolvimento, Luiz Fernando Furlan, durante cerimÙnia de sanÁ„o da lei de reduÁ„o em 30% do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de bens de capital. 15/01/2004 - Foto: RAFAEL NEDDERMEYER/AG NCIA ESTADO/AE

Empréstimos do BNDES eram contrapartida por recursos para campanhas do PT, afirma Palocci.

O ex-ministro da Fazenda, Antonio Palocci, disse a deputados que, no governo Lula da Silva (PT), os empréstimos a empresas como JBS Odebrecht eram cedidos em troca de recursos para petistas em campanhas.

A declaração foi feita em reunião fechada na CPI do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) nesta terça-feira (2).

Palocci reiterou também o relato de que repassou R$ 300 milhões da Odebrecht a Lula, no fim do mandato do ex-presidente. O valor teria sido pago para que o favorecimento da empreiteira continuasse.

Segundo parlamentares presentes na audiência, o ex-ministro disse também que sugeriu a Lula fazer um “mea culpa” pelos erros, e o ex-presidente teria respondido que não, apostando no fim da Operação Lava Jato, informa o jornal O Globo.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO