Polícia Federal fez buscas na casa da avó do hacker Walter Delgatti Neto

0
92

Avó do hacker confesso não vê o neto desde março. Casa da idosa foi alvo de busca da Polícia Federal.

A avó de Walter Delgatti Neto, conhecido como “Vermelho”, um dos quatro suspeitos presos pela Polícia Federal (PF) pelos ataques aos celulares de centenas de autoridades brasileiras, diz não ver o neto desde março.

“Ele fez aniversário e foi viajar”, disse Otília Gomes Delgatti, de 83 anos, que viu sua casa em Araraquara, interior de São Paulo, na lista dos endereços que foram alvos da ação da PF na Operação Spoofing, na última terça-feira (23)..

Segundo o site G1, a idosa Otília afirmou que os agentes federais não revistaram sua casa:

“Só conversaram comigo e foram embora. Não tenho nada para [a polícia] pegar, eu nem tenho computador.”

De acordo com a senhora, as batidas da polícia em sua casa em busca do neto, que morava com ela desde que tinha 12 anos, são comuns, mas afirmou que ele “nunca deu trabalho”.

Delgatti Neto foi preso em Ribeirão Preto (SP), onde estaria morando em um apartamento alugado em nome de Danilo Cristiano Marques, outro suspeito preso pelas invasões.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO