Porta-voz diz que Sérgio Moro pediu licença para ‘reenergizar’ o corpo

0
38

Em razão da ausência temporária de Sérgio Moro, o secretário-executivo Luiz Pontel assumiu o Ministério da Justiça.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, pediu licença não remunerada ao presidente da República, Jair Bolsonaro, para “reenergizar” o corpo e “prosseguir no combate”.

O porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, disse que Moro justificou seu pedido de licença dizendo que já tinha férias programadas com a família para o mês de janeiro, mas que não pôde fazê-lo porque teve que assumir o cargo.

Em coletiva de imprensa, nesta segunda-feira (8), segundo o site IG, Rêgo Barros declarou:

“Trabalhar, trabalhar, trabalhar é importante. Mas descansar também faz parte do contexto de reenergizar o nosso corpo para prosseguirmos no combate.”

E acrescentou:

“Moro estava com previsão de férias para janeiro, junto com sua família. E em face da assunção do Ministério da Justiça e Segurança Pública houve por bem adiar, o que seria natural, destinando essa próxima semana para que se realize este evento, que naturalmente é importante a todos nós.”

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO