‘Vamos buscar a extinção da Ancine’, diz Bolsonaro

0
50
O presidente Jair Bolsonaro faz transmissão ao vivo ao lado do ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Francisco, e da intérprete de libras, Elizângela Castelo Branco.

“Quem quiser fazer faz. O que não pode é filmar com dinheiro público”, afirmou Jair Bolsonaro.

Em live no Facebook, nesta quinta-feira (25), o presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou que seu governo vai “buscar a extinção da Ancine”, a Agência Nacional do Cinema.

Referindo-se à atuação negativa da instituição, sob sua visão, Bolsonaro declarou:

“Depois de fazer um anúncio de um filme sobre a minha pessoa, a Ancine ganhou mais um ‘F.O’ positivo, ‘fato observado’ positivo. Vamos buscar a extinção da Ancine.”

O presidente também voltou a criticar o patrocínio a filmes como “Bruna Surfistinha”:

“Quem quiser fazer faz. O que não pode é filmar com dinheiro público.”

Um longa-metragem sobre a chegada de Bolsonaro à Presidência da República teve autorização de captação de R$ 530 mil pela Anice.

Pouco antes da transmissão ao vivo no Facebook, Bolsonaro afirmou no Twitter que pediu que o apoio fosse cancelado.

“Por coerência sugeri que voltassem atrás nessa questão. Não concordamos com o uso de dinheiro público também para estes fins”, afirmou Bolsonaro.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS