Wilson Witzel defende recolhimento de alguns moradores de rua

0
85

Wilson Witzel defendeu que moradores de rua sejam recolhidos se tiverem problemas psiquiátricos ou sejam usuários de drogas.

O governo do Rio de Janeiro passará a cuidar do ordenamento urbano no Rio de Janeiro. A obrigação, por lei, é da prefeitura, mas uma parceria vai permitir que o estado assuma essa função.

Antecipando algumas mudanças, o governador Wilson Witzel afirmou, nesta terça-feira (30), que moradores de rua com problemas psiquiátricos ou usuários de drogas poderão ser internados mesmo contra a própria vontade.

“Não temos que ficar perguntando se quer ou não”, afirmou Witzel durante evento no Palácio Guanabara, sede do governo estadual que fica em Laranjeiras, na Zona Sul do Rio, nesta terça-feira (30).

A ideia de Witzel é criar uma força-tarefa que irá às ruas em até 30 dias para combater a desordem e recolher moradores de rua.

Segundo o site G1, ele declarou:

“As pessoas que estão na rua e não tem sua capacidade de autodeterminação. Ela não pode decidir se ela vai ficar ou não na rua. Ela vai ser recolhida. Isso não é nenhum tipo de limpeza.”

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO