Witzel: no lugar de policial, teria atirado na cabeça de agressor na Lagoa

0
671

O governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel comentou a ação da Polícia Militar no caso da Lagoa, na Zona Sul, onde um morador de rua matou duas pessoas a facadas e outras cinco ficaram feridas.

Mesmo após a Polícia Militar informar que vai investigar a conduta dos agentes, ele parabenizou a PM porque disse que foi uma ação muito profissional.

Witzel: no lugar de policial, teria atirado na cabeça de agressor na Lagoa

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO