Hacker e mais três suspeitos de invadir celulares estão presos há duas semanas. Entrega foi determinada pelo ministro Alexandre de Moraes.

A cópia do inquérito da Operação Spoofing, que apura o ataque hacker contra celulares de centenas de autoridades do Brasil, foi entregue pela Polícia Federal (PF), nesta segunda-feira (5), ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Moraes também ordenou a entrega da cópia das mensagens. Segundo o ministro, a decisão foi motivada por “notícias veiculadas apontando indícios de investigação ilícita contra ministros da Corte”.

O ministro é relator de um inquérito no STF, aberto pelo presidente da Corte, Dias Toffoli, que apura ofensas aos membros do Tribunal, vazamento de informações ou atos irregulares de servidores contra integrantes do Supremo.

A decisão do magistrado não retira o inquérito da primeira instância. Portanto, a investigação continua com o juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal de Brasília, e com atuação da PF e do Ministério Público Federal, informa o site G1.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK