‘Abuso sexual não se justifica, não se explica’, diz Damares Alves

0
40
A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, participa da abertura do 6º Congresso Internacional sobre Liberdades Civis Fundamentais.

A questão do abuso sexual foi um dos principais temas de entrevista com a ministra Damares Alves.

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, concedeu entrevista ao programa Impressões, da TV Brasil, que vai ao ar na próxima terça-feira, 6 de agosto.

Na conversa com a jornalista Roseann Kennedy, a ministra foi incisiva ao rejeitar qualquer tentativa de justificar uma violência sexual:

“Abuso não se justifica, não se explica, não se minimiza e não se relativiza. Abuso é abuso. E o abusador tem que ser contido, preso e punido.”

Damares também destacou os altos índices de abusos sexuais registrados na Ilha do Marajó, no Pará, e do programa de prevenção e combate a esse tipo de crime que começou a ser desenvolvido na região.

Outros temas abordados na entrevista foram o trabalho da Comissão da Anistia e a disputa pelo comando da Fundação Nacional do Índio (Funai).

Em dado momento a ministra conta, ainda, como é viver sempre escoltada e sem endereço fixo, e até brinca com o fato de estar solteira, informa o site Metrópoles.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO