Em derrota pra Macron, G7 termina sem citar Amazônia

0
1681

G7 termina e não cita Amazônia em declaração final. Resultado é derrota para o líder francês Macron.

Apesar da polêmica envolvendo a Amazônia, o governo da França e o presidente do Brasil, os incêndios na Amazônia ficaram de fora do documento final do encontro dos países do G7 realizado na cidade francesa de Biarritz.

Durante o encontro, o G7 prometeu disponibilizar cerca de US$ 20 milhões em caráter de emergência para serem utilizados em ações de combate aos incêndios na Floresta Amazônica.

O governo Jair Bolsonaro, no entanto, anunciou, na noite desta segunda-feira (26), que iria recusar a oferta financeira.

O texto final da reunião foi divulgado pela França, país sede da reunião, e traz decisões sobre a crise nuclear com o Irã, os protestos em Hong Kong, comércio internacional, o retorno da Rússia ao grupo, além de do conflito na Ucrânia e a guerra civil na Líbia, informa a revista ISTOÉ.

Os compromissos foram firmados por todos os signatários: Emmanuel Macron (França), Angela Merkel (Alemanha), Justin Trudeau (Canadá), Boris Johnson (Reino Unido), Shinzo Abe (Japão), Donald Trump (Estados Unidos) e Giuseppe Conte (Itália). Hong Kong.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS