Gilmar Mendes suspende colocação de tornozeleira eletrônica em Guido Mantega

0
112
Ministro Gilmar Mendes durante sessão da 2ª turma do STF.

Defesa de Guido Mantega solicitou suspensão do uso do artefato até que se decida se caso sobre propinas seguirá para Justiça do Distrito Federal.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, suspendeu decisão do juiz Luiz Antonio Bonat, da 13ª Vara Federal de Curitiba, nesta quarta-feira (28).

O magistrado havia ordenado que o ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega, se apresentasse à Justiça, onde seria instalada nele uma tornozeleira.

Mendes afirmou que notou “plausibilidade jurídica” em pedido da defesa de Mantega, que alegou que o ex-ministro dos governos petistas, por ser figura pública, poderia sofrer constrangimento e risco de hostilização com o artefato, informa a revista Veja.

A decisão do ministro do Supremo veta o uso de tornozeleira até que seja decidido se o caso será transferido para a Justiça do Distrito Federal, como pede a defesa de Mantega. A ação penal atualmente tramita no Paraná.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS