Globo é acusada de apoiar Macron e internet reage: ‘Lixo, traidora da pátria’

0
5377

Internautas mobilizam série de boicotes ao grupo Globo.

Nesta terça-feira, 27, por meio das redes sociais, internautas acusaram à Rede Globo de apoiar o presidente Francês Emmanuel Macron.

A hashtag #GloboLixoTraidoradaPatria alcançou o 1° entre os assuntos mais comentados do Twitter.

O motivo, desta vez, seria pela omissão da emissora ao destacar a fala de Macron sobre criar um “status internacional” da Amazônia, mas não alertar os telespectadores sobre a ameaça que o discurso do presidente francês apresenta à Soberania Nacional do Brasil.

Ao mesmo tempo que propagandeou o ataque de Macron à Soberania Nacional, a Globo teceu duras críticas à política ambiental do Governo brasileiro.

Ainda no Twitter, o procurador da República, Ailton Benedito, escreveu:

Lei de Segurança Nacional. Art. 8º – Entrar em entendimento ou negociação com governo ou grupo estrangeiro, ou seus agentes, para provocar guerra ou atos de hostilidade contra o Brasil. Pena: reclusão, de 3 a 15 anos.

E acrescentou:

Art. 9º – Tentar submeter o território nacional, ou parte dele, ao domínio ou à soberania de outro país. Pena: reclusão, de 4 a 20 anos.

A verdade seja dita: O que a França e a Alemanha querem é fragilizar ainda mais a soberania nacional brasileira, aproveitar a condição de pária do Brasil para se apropriar da Amazônia, fazer pirataria com ainda mais liberdade, se apropriar ainda mais das nossas terras.

Confira alguns tweets!

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS