Macron despertou ‘sentimento patriótico’ no Brasil, diz Bolsonaro

0
315

Bolsonaro disse que Macron “despertou um sentimento patriótico do povo brasileiro”.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, recebeu, nesta quarta-feira (28), no Palácio da Alvorada, o presidente do Chile, Sebástian Piñera, que participou do encontro do G7, o clube dos países ricos.

Durante entrevista coletiva, segundo o jornal O Globo, Bolsonaro disse que o mandatário da França, Emmanuel Macron, quis se colocar como o único defensor do meio ambiente:

“No meu entendimento, houve um aproveitamento por parte do senhor presidente Macron para se capitalizar perante o mundo como aquela pessoa única e exclusiva interessada em defender o meio ambiente. Essa bandeira não é dele, é nossa, é do Chile, é de muitos países do mundo.”

De acordo com Bolsonaro, a atitude de Macron levou a um “sentimento patriótico” dos países da região amazônica:

“O que ele fez no tocante ao Brasil, primeiro ao ofender o presidente da República eleito democraticamente. Depois, mais de uma vez, relativar a nossa soberania, isso despertou um sentimento patriótico do povo brasileiro, bem como de outros países daqui da América do Sul que fazem parte da região Amazônica.”

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO