Manuela D’Ávila depõe na Polícia Federal sobre hacker que atacou autoridades do Brasil

0
837

Depoimento de Manuela D’Ávila era uma das últimas diligências necessárias para concluir a primeira fase da investigação sobre o ataque hacker.

A comunista Manuela D’Ávila prestou depoimento, nesta quarta-feira (28), à Polícia Federal (PF) sobre o ataque hacker contra centenas de autoridades do Brasil.

PF busca mais informações sobre o contato de Manuela com o hacker Walter Delgatti Neto, conhecido como “Vermelho”, responsável pelas invasões dos celulares, inclusive o do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

A ex-parlamentar também entregou seu celular à PF, para que seja submetido à perícia com o objetivo de confirmar o teor dos diálogos com o hacker, informa o jornal O Globo.

Manuela negou que tenha cometido qualquer ilegalidade e reiterou a versão de que apenas intermediou o contato de Vermelho com o militante norte-americano, Glenn Greenwald, editor e cofundador do site panfletário Intercept.

O depoimento da comunista era uma das últimas diligências para o encerramento da primeira parte do inquérito da PF, no âmbito da Operação Spoofing, sobre os crimes cometidos pelos hackers.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS