Petrobras cancela contrato com presidente da OAB

0
456

Felipe Santa Cruz denuncia perseguição política. Petrobras informou que não irá comentar.

Petrobras informou ao presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, que irá cancelar o contrato mantido com o escritório dele.

A informação foi publicada na noite desta terça-feira (6) pela colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo.

Segundo o jornal, o escritório de Santa Cruz atuava em causas trabalhistas e, no ano passado, venceu causa estimada que evitou um pagamento, pela Petrobras, de R$ 5 bilhões em horas extras atrasados a funcionários embarcados nas plataformas de petróleo.

“Era uma ação rescisória, algo como ressuscitar alguém que morreu. Eu salvei a empresa na causa trabalhista mais grave que ela já enfrentou, foi a maior vitória da história”, afirmou um nada modesto presidente da OAB.

Segundo a colunista, Santa Cruz disse que entrará na Justiça com uma ação para reparação de danos. A estatal brasileira informou que não irá comentar o assunto.

“Há claramente uma perseguição política em curso”, disse Santa Cruz.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS