‘A vontade é de servir a Pátria’, diz Augusto Aras em posse como PGR

0
33

Augusto Aras substitui a procuradora Raquel Dodge. A indicação de Jair Bolsonaro foi aprovada no Senado na quarta-feira (25).

Augusto Aras assumiu a Procuradoria-Geral da República (PGR), nesta quinta-feira (26), em cerimônia no Palácio do Planalto, em Brasília.

Em seu discurso de posse, prometeu que atuará com “independência” e “autonomia” durante os dois anos em que comandará o Ministério Público (MP):

“[Nossa missão será] induzir políticas públicas econômicas, políticas públicas sociais, de defesa das minorias, e acima de tudo: que tudo se faça com respeito à dignidade da pessoa humana.”

Questionado, Aras não adiantou nomes de sua equipe e lembrou que é preciso fazer uma “transição:

“Ainda hoje estaremos reunidos com os colegas para resolver como será montada a equipe, ainda que seja uma equipe na fase de transição.”

Ao concluir o discurso, segundo o site G1, Aras afirmou que a “nota forte” da sua gestão será o diálogo:

“Por esse diálogo, entendo que podemos contribuir para solucionar os grandes problemas do Brasil. Por favor, contem comigo porque a vontade é de servir a Pátria.”

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO