Bolsonaro destaca importante decisão do TRF-1 sobre caso Adélio

0
490

“Não desejamos descobrir o conteúdo da defesa, mas elucidar o crime, como vítima e por questão de segurança nacional”, escreveu Bolsonaro.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse, nesta segunda-feira (16), que o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) pode ser decisivo, nesta quarta (18), para “chegar aos mandantes da tentativa de assassinato” sofrida durante comício em Juiz de Fora, interior de Minas Gerais, no dia 6 de setembro de 2018.

Como explicado pelo chefe do Executivo em mensagem no Twitter, o material apreendido pela Polícia Federal (PF) no endereço de um dos advogados do esfaqueador ainda não foi periciado por decisão liminar concedida para a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

“Sete desembargadores decidirão a questão. Não desejamos descobrir o conteúdo da defesa, mas elucidar o crime, como vítima e por questão de segurança nacional”, completou Bolsonaro.

Na última sexta-feira (13), a Advocacia Geral da União (AGU) pediu à Justiça a retomada da investigação que busca descobrir quem financia a defesa do extremista Adélio Bispo de Oliveira.

AGU argumenta que Adélio não sabe quem está arcando com as despesas dos advogados e afirmou que amigos e parentes não teriam condições financeiras para assumir o custo. Portanto, o financiador não teria relação com o esfaqueador de Bolsonaro.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS