Glenn Greenwald ataca Ernesto Araújo, Eduardo Bolsonaro e Olavo de Carvalho

0
255

Glenn Greenwald zombou da possível indicação de Eduardo Bolsonaro ao cargo de embaixador do Brasil em Washington.

A campanha de desinformação internacional com base nas queimadas na Amazônia afastou o militante norte-americano, Glenn Greenwald, editor e cofundador do site panfletário Intercept, dos holofotes da velha imprensa.

Greenwald, no entanto, continua disparando contra membros do governo Jair Bolsonaro e figuras alinhadas à agenda do presidente da República através de seu perfil na rede social Twitter.

Neste sábado, 31 de agosto, Greenwald lançou uma série de tuítes com ataques ao deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), ao ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e ao filósofo Olavo de Carvalho.

O norte-americano zombou da possível indicação de Eduardo ao posto de embaixador do Brasil nos Estados Unidos, afirmando que o parlamentar não consegue se comunicar em inglês apropriadamente.

Já o chanceler Araújo foi descrito por Greenwald como uma pessoa “excepcionalmente ignorante”.

O editor do site Intercept também classificou Olavo de Carvalho como um astrólogo que acredita ser filósofo, o “líder intelectual” de um “movimento profundamente ignorante”.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS