Ministro da Educação quer ver Aldemir Bendine ‘apodrecendo na prisão’

0
298
O ministro da Educação, Abraham Weintraub, faz balanço sobre o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

“Tive o desprazer de conhecer o Bendine”, afirmou o ministro Abraham Weintraub.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, disse que gostaria de ver o ex-presidente do Banco do Brasil e da Petrobras, Aldemir Bendine, “apodrecendo na prisão”.

Em postagem no Twitter, nesta segunda-feira (2), Weintraub compartilhou uma reportagem em que o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, disse que o caso não foi tratado com cerceamento da defesa, como alegaram os advogados de Bendine, mas sim com “generosidade”.

O chefe do MEC então acrescentou:

“O ministro Sergio Moro foi ‘generoso’ na avaliação. Tive o desprazer de conhecer o Bendine… gostaria vê-lo apodrecendo na prisão.”

A sentença de Bendine foi proferida pelo ex-juiz Moro, no ano passado, enquanto atuava na magistratura.

No entanto, a 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, no final de agosto, anular a condenação do ex-executivo por corrupção e lavagem de dinheiro

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO