‘Não é censura nem homofobia’, diz Crivella sobre Bienal

0
117

Após toda repercussão sobre as ações da Prefeitura do Rio de Janeiro na busca de livros na Bienal, Marcelo Crivella rebateu as acusações.

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), usou as redes sociais para negar que suas ordens durante a Bienal do Livro refletem censura ou homofobia.

Em vídeo publicado neste domingo (8), Crivella declarou:

“A questão envolvendo os gibis na Bienal tem um objetivo bem claro: cumprir o que prevê o Estatuto da Criança e do Adolescente. Queremos, apenas, preservar nossas crianças, lutar em defesa das famílias brasileiras e cumprir a Lei.”

O prefeito acusou a imprensa de manipular a informação e usar a “militância de esquerda para fins meramente políticos”:

“Não é censura, nem tampouco homofobia. Claro que existe um setor da imprensa que manipula a informação e usa a militância de esquerda para fins meramente políticos.”

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO