Oposição protocola ‘CPI da Vaza Jato’ em apoio a Glenn Greenwald

0
15

A iniciativa dos deputados opositores é vista como uma reação à CPI da Lava Toga no Senado.

Após conseguir as assinaturas necessárias, parlamentares alinhados à esquerda protocolaram, nesta quinta-feira (12), na Câmara dos Deputados, pedido de criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as revelações da chamada “Vaza Jato”.

Nos últimos meses, com base em mensagens hackeadas dos telefones de centenas de autoridades do Brasil, uma série de reportagens foi publicada pelo site panfletário Intercept, que tem o militante norte-americano Glenn Greenwald como editor e cofundador.

As matérias põe em dúvida a atuação do então juiz federal encarregado da Operação da Lava Jato e hoje ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e da força-tarefa em Curitiba, comandada pelo procurador Deltan Dallagnol.

Entre as justificativas para a instalação da CPI estão “provável conluio” para violações de “garantias fundamentais”, “fraude processual, prevaricação, advocacia administrativa e abuso de autoridade”.

Assinam o pedido os deputados:

  • André Figueiredo (PDT);
  • Alessandro Molon (Rede);
  • Daniel Almeida (PC do B);
  • Ivan Valente (PSOL);
  • Jandira Feghali (PC do B);
  • Orlando Silva (PC do B);
  • Paulo Pimenta (PT);
  • Tadeu Alencar (PSB).

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS