Polícia Federal pede prorrogação para concluir inquérito sobre atentado a Bolsonaro

0
118

O ataque terrorista contra o então candidato Bolsonaro completa um ano na próxima sexta-feira (6).

A Polícia Federal (PF) solicitou à Justiça a prorrogação, por mais 90 dias, do segundo inquérito que investiga a facada no presidente da República, Jair Bolsonaro.

O delegado Rodrigo Morais disse que o pedido é para que a instituição consiga apurar informações sobre o advogado Zanone Júnior, que defende Adélio Bispo dos Santos.

Segundo o site G1, Morais declarou:

“O TRF1 pautou o julgamento do mandado de segurança interposto pela OAB para o dia 18 de setembro. Este mandado de segurança teria, em sede de liminar, impedido a PF de prosseguir com a investigação em torno do advogado de Adélio, a fim de saber se alguém realmente o contratou e, neste caso, quem foi e por quais motivos.”

E destacou:

“Esta é a única linha de investigação pendente no inquérito. Caso o TRF1 não reveja a decisão, o inquérito policial será relatado.”

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS